200 jovens são dispensados do Serviço Militar em Iguape

A Solenidade de “Compromisso à Bandeira” aconteceu na tarde da quarta-feira, 21, na quadra da Escola Estadual Cel. Jeremias Junior, no centro da cidade. De acordo com a Junta Militar foram 230 jovens inscritos para o juramento, número superior a 2012, porém compareceram 200.

A cerimônia de entrega de Certificados de Dispensa de Incorporação (CDI), ou carteira de reservista, é procedimento obrigatório e reuniu os jovens nascidos em 1995. O juramento vai até o dia 31 de dezembro do ano em que completarem 45 anos de idade. O juramento está previsto no artigo 217 da Lei do Serviço Militar, na qual o cidadão dispensado da prestação do Serviço Militar realiza um compromisso, perante a Bandeira Nacional, de que se apresentará, imediatamente, em caso de uma convocação de emergência.

O prefeito e presidente da Junta Militar do município,  Joaquim Antonio Coutinho Ribeiro, foi representado pelo chefe de gabinete Mauro Matias que esteve em lugar de destaque juntamente com o diretor da divisão municipal de Turismo Wander Bernardino, a diretora da Escola, Elair Sant’Anna de Moraes e o presidente do Conselho de Segurança, Gerson Ribeiro de Castro. A Bandeira Nacional foi conduzida pelo 2º Tenente Antonio, acompanhado pelos Cabos Daniel e Gonzaga do 22º Batalhão Logístico Leve de Barueri, São Paulo.

A cerimônia proclamada pelo delegado de serviço da Junta Militar de Iguape, o 1º Tenente Cândido da Delegacia de Serviço Militar de Registro – Circunscrição 4ª CSM do Serviço Militar de São Paulo (Cambuci), que destacou ao grupo sobre seus deveres cívicos e compromisso com a nação brasileira.

O encerramento culminou com a entrega dos certificados aos jovens e com a retirada do Pavilhão Nacional, a Bandeira Brasileira. Testemunharam a solenidade pais, amigos e familiares dos jovens dispensados.