PRF aperta o cerco contra o contrabando

Entre os dias 18 e 20 de outubro de 2011, a 5ª Delegacia PRF de Registro, apreendeu mais de 1000 produtos importados ilegalmente, resultando na detenção de quatro pessoas. Além disso, um homem também foi preso por ser foragido da justiça. As mercadorias apreendidas foram avaliadas em R$ 50.000,00. As ações são decorrentes da proximidade das festas natalinas, momento em que há grande procura por produtos importados, especialmente os eletrônicos.

No dia 18, por volta 03:00, Policiais Rodoviários Federais em serviço na Unidade Operacional Inspetor Sousa, situada no km 525 da Rodovia Régis Bittencourt, tomaram conhecimento, através de denúncia, que haviam passageiros suspeitos em um ônibus que vinha de Curitiba e ia para São Paulo.

Na abordagem, o ônibus foi parado e um dos passageiros, um mecânico de 27 anos, residente em São José do Rio Pardo/SP, que mostrou-se bastante assustado com a presença da PRF, teve sua ficha criminal pesquisada. Na pesquisa, descobriu-se que havia um mandado de prisão contra ele por ação de alimentos.

Logo após o registro da captura, o mecânico foi recolhido à Cadeia Pública de Jacupiranga.

 

No mesmo dia e Unidade PRF, já por volta das 09:00, PRFs pararam o ônibus que vinha de Curitiba e ia para São Paulo. Na verificação do seu bagageiro, os PRFs encontraram diversas bolsas suspeitas. Dentro delas encontraram centenas de produtos importados.

De posse do ticket da bagagem, os policiais identificaram os proprietários como sendo três passageiros do ônibus, sendo um chefe de cozinha de 32 anos e dois comerciantes, sendo um de 22 e outro de 23 anos, todos residentes em São Paulo. Perguntados a respeito da documentação fiscal ou aduaneira das mercadorias, admitiram que importaram ilegalmente os produtos do Paraguai e que iriam comercializa-las na cidade de São Paulo.

Logo após o registro do crime de Descaminho e da apreensão das mercadorias, todos foram liberados para responder criminalmente em liberdade. Ao todo foram apreendidos 110 celulares, 04 GPS automotivos, 510 capas para celular, 245 baterias para celular, 03 caixas de som, 15 modens 3G, 06 pares de rádios comunicadores, 03 teclados para tablets, 01 teclado para computador e 29 acessórios diversos, num total de 926 produtos apreendidos.

 

Já no dia 20, por volta das 03:00, na Unidade Operacional da PRF de Cajati, situada no km 498 da Rodovia Régis Bittencourt, PRFs abordaram o automóvel Fiat Uno Mille, com placas de Rondonópolis/MT, ora conduzido por um empresário de 46 anos residente em Foz do Iguaçú.

Em vistoria ao interior do veículo, os PRFs encontraram 220 videogames produzidos fora do Brasil. Perguntado a respeito da documentação fiscal e aduaneira, o empresário disse que não os tinha e que os videogames foram adquiridos no Paraguai e que seriam entregues na cidade de São Paulo, para serem comercializados por lá. Pelo serviço cobrou 12% do valor da mercadoria.

Assim, logo após o registro do crime de Descaminho e da apreensão da mercadoria, o empresário foi liberado para responder criminalmente em liberdade.

 

Participaram dessas ocorrências Policiais Rodoviários Federais da Equipe Tática da 5ª Delegacia PRF de Registro.