O FANTASMA DO ITAGUA

Descrição: Todas as noites um pescador saía de sua casa e ia analisar as águas do Mar Pequeno para ver se estavam propícias à pesca. Em certa ocasião, à meia-noite, o pescador estava sentado na calçada de uma fábrica de manjuba, que ficava bem em frente à maré. De repente, aparece não se sabe de onde um homem vestido de preto, que pergunta ao pescador se ele já ouvira falar do Itaguá. O pescador respondeu que conhecia bem o local, que era um conjunto de velhas ruínas, etc. Então, o misterioso homem de preto, sem que o pescador esperasse, disse-lhe que ele fora o proprietário do Itaguá e que lá vivera com sua família há mais de cem anos. O pescador ficou perplexo. Porém, antes que pudesse fazer alguma coisa, olhou em volta e se deu conta que o homem de preto desaparecera. Contam os mais antigos que o fantasma do Itaguá ainda vaga pelas imediações do local no intuito de assombrar as pessoas solitárias que por ali passam à noite…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *