Prefeitura de Iguape interrompe temporariamente coleta de material inservível

A Prefeitura Municipal de Iguape comunica a seus munícipes que desde o início do mês de setembro não está coletando material inservível das residências. O Decreto Lei número 2.358 de 06 de setembro de 2011 permite à administração municipal interromper temporariamente o recolhimento do material descartado pela população por um período de 90 dias. O motivo deste procedimento se deve ao fato de que a área destinada para

o descarte ainda não foi regulamentada e licenciada pela CETESB.

A Prefeitura de Iguape oferece a toda a população o recolhimento de materiais inservíveis (poda de árvores e outros materiais). O local onde este descarte vinha sendo depositado foi vetado e agora a Administração está aguardando a liberação de uma área que depende de licenciamento ambiental da CETESB. A expectativa é que a liberação aconteça dentro de um prazo de 90 dias, quando então o serviço será reativado.

Enquanto isso os moradores deverão evitar a colocação de qualquer tipo de descarte nas calçadas, bem como evitar a poda de árvores. Qualquer tipo de material entulhado pode trazer a proliferação de roedores e insetos como o mosquito da dengue, portanto é importante a responsabilidade de cada cidadão evitando depositar lixo em suas calçadas. Outro aviso importante é que a Prefeitura estará redobrando a fiscalização de descarte irregular de lixo e entulho em terrenos e áreas baldias. Este tipo de ação irresponsável é passível de multas e, em caso de jogar lixo em área de proteção ambiental poderá ser acionada a força policial com possibilidade de enquadramento criminal por crime ambiental.


Fonte: Assessoria de Comunicação PMI