PRF apreende carga de cigarros finos numa caminhonete roubada

nota040_14No dia 22 de agosto de 2014, durante uma abordagem de rotina, a Polícia Rodoviária Federal, após fuga, conseguiu recuperar uma caminhonete roubada e apreender uma grande carga de cigarros contrabandeados. A carga, de cigarros finos, foi adquirida no Paraguai por US$ 80 mil. O condutor da caminhonete foi preso numa loja de roupas tentando mudar o seu visual para fugir da PRF.

Por volta das 15:00, na altura do km 484 da Régis, durante patrulhamento, PRFs avistaram uma caminhonete Mitsubishi trafegando em alta velocidade na pista com sentido a São Paulo, momento que decidiram abordá-la. Porém, ao invés de parar, o condutor da caminhonete decidiu aumentar a sua velocidade e ignorar a aproximação da viatura da PRF. Já altura do km 478 da Régis, acessou uma via marginal e, na altura do km 476, num cruzamento, decidiu sair da rodovia e ingressar na cidade de Jacupiranga, ainda em alta velocidade. Após algumas quadras, na Rua Fausto de Camargo, ainda no trecho urbano do município, o condutor abandonou a caminhonete e empreendeu fuga à pé.

No interior da caminhonete, uma Mitsubishi L200 cinza com placas de Curitiba/PR, os PRF constataram que o veículo estava todo modificado, sobrando espaço tão somente para o motorista. No espaço modificado, os PRFs encontraram uma carga com centenas de milhares de maços de uma marca sofisticada de cigarros. Além disso, os policiais constataram que as placas não tinham cadastro no Detran. Através do chassi, descobriram que na verdade as placas eram de Campinas e o veículo tinha queixa de roubo.

Iniciadas as buscas na cidade, dentro de uma loja, tentando comprar roupas novas e boné, na tentativa de escapar da polícia, o motorista da caminhonete, um comerciante de 32 anos, foi encontrado por outra equipe da PRF. Preso em flagrante, acabou por admitir que tentou fugir para evitar a prisão.

Após o registro da prisão em flagrante por receptação de veículo roubado e da apreensão da caminhonete, o comerciante foi recolhido ao sistema prisional da região. Os cigarros apreendidos, que foram adquiridos no Paraguai por US$ 80 mil, também foram apreendidos e serão encaminhados à Alfândega de Santos.

 Participaram desta operação PRFs da Delegacia PRF de Registro.