PRF apreende grande quantidade de Crack na Régis

nota_prf_9-16No dia 22 de fevereiro de 2016, durante operação de combate ao crime organizado, PRFs conseguiram apreender grande quantidade de Crack. A carga estava escondida num fundo falso num automóvel com placas de Cascavel/PR. Um homem foi preso em flagrante. É a maior apreensão de Crack feita pela PRF, em todo o Brasil, em 2016. O fato ocorreu em Registro.

Por volta das 17 horas, na Unidade Operacional de Registro, km 439 da Régis, PRFs abordaram o automóvel Nissan Tiida de cor preta e placas de Cascavel/PR, ora conduzido por seu proprietário, um vendedor de 29 anos. Durante a entrevista inicial, o vendedor se mostrou muito nervoso, momento que decidiram realizar buscas ao interior do veículo.

Durante a vistoria, os Policiais suspeitaram da altura do assoalho do veículo, fora do padrão da marca. Com o auxílio de ferramentas, conseguiram remover um spoiler lateral, momento que perceberam que havia um fundo do assoalho, criado após instalar outra placa de assoalho sobre o assoalho original. Dentro do fundo falso, os PRFs encontraram dezenas de tabletes de Crack. Questionado, o vendedor disse desconhecer a origem da droga apreendida, apesar de o veículo ser de sua propriedade.

O vendedor será autuado em flagrante por Tráfico de Entorpecentes e, logo após, recolhido ao sistema carcerário da região. Ao todo foram apreendidos 34 quilos e 500 gramas de Crack, distribuídos em 34 tabletes. Após embalada, a droga apreendida seria suficiente para produção de 138 mil pedras de Crack, atingindo pelo menos R$ 690 mil nas ruas.

Esta foi a maior apreensão de Crack feita pela PRF em 2016. A segunda maior apreensão de Crack ocorreu em Cascavel, no dia 19 de janeiro. Naquela oportunidade foram apreendidos 30 quilos de Crack que estavam escondidos numa caixa que era transportada em um ônibus de linha regular. Estima-se que droga apreendida hoje seria entregue na capital paulista.

Participaram desta operação PRFs das Delegacias de Registro e de Cascavel.