PRF detém condutor alcoolizado após denúncia da filha

No dia 21 de outubro de 2011, por volta das 16:00, a Polícia Rodoviária Federal deteve um condutor alcoolizado. Ele foi denunciado pela própria filha.

Policiais Rodoviários Federais em serviço na Unidade Operacional da PRF de Registro,

situada no km 439 da Rodovia Régis Bittencourt, tomaram conhecimento, através de sua filha, que o condutor de um caminhão Scania 113, de cor azul, com placas de Santa Catarina, estaria trafegando com destino à São Paulo, mas, após várias paradas injustificadas, teria atrasado bastante seu horário de chegada. Ainda segundo a filha, o seu pai provavelmente estaria sendo roubado.

Como tinham conhecimento da posição do caminhão, informação passada pela empresa de rastreamento, posicionaram-se para abordá-lo. Minutos depois, abordaram o caminhão Scania na Unidade Operacional de Registro. Logo na entrevista inicial notaram que o motorista não estava sendo roubado, mas sim estava nitidamente alcoolizado. Perguntado, afirmou que tomou somente duas latas de cerveja em suas paradas injustificadas. Com o etilômetro, apurou o teor alcoólico de 0,98 miligramas de álcool por litro de ar alveolar, ou seja, quase dez vezes o limite permitido, denotando que não ingeriu apenas duas latas de cerveja.

Assim, logo após o registro do crime de trânsito de dirigir alcoolizado e da apreensão do caminhão, o motorista foi liberado para responder criminalmente em liberdade. A filha disse que nunca imaginaria que o atraso de seu pai fosse por estar ingerindo bebidas alcoólicas durante a sua viagem.

Participaram dessas ocorrências Policiais Rodoviários Federais da 5ª Delegacia PRF de Registro.