PRF ENCERRA OPERAÇÃO CARNAVAL

Entre os dias 08 e 13 de fevereiro de 2013, em todo o Brasil, a PRF desencadeou a Operação Carnaval. Milhares de PRFs, viaturas e etilômetros, centenas de radares e sete helicópteros foram empregados na operação. A 5ª Delegacia reforçou o patrulhamento antes mesmo do início da operação, realizando comandos em todo o trecho. Com resultado prévio da Operação Carnaval, a Operação Régis Segura apreendeu centenas de produtos contrabandeados, aves silvestres, 2352 quilos de carne fora das condições sanitárias ideais e duas notas de R$ 100,00 aparentemente falsas. Um condutor alcoolizado também foi detido.

No trecho da 5ª Delegacia, que compreende o segmento da Rodovia Régis Bittencourt que corta os municípios de Juquiá, Registro, Pariquera-Açú, Jacupiranga, Cajati e Barra do Turvo, houve reforço no policiamento em todos os dias de Operação Carnaval. Como saldo, o número de mortes foi reduzido em 50%. A única morte do feriado foi um atropelamento que ocorreu no km 477 da Régis, trecho urbano de Jacupiranga, a aproximadamente 100 metros de uma passarela construída pela concessionária para atender justamente a demanda dos munícipes dali. A adolescente de 14 anos morreu no local. No total, ocorreram 53 acidentes no período, apesar da chuva e do trânsito intenso.

Na primeira operação da PRF após a intensificação da Lei Seca, mesmo sendo amplamente divulgada na mídia, 10 motoristas foram autuados por estarem dirigindo alcoolizados, sendo que deles, 06 foram presos, 900% mais flagrantes que o ano passado. Duas ocorrências de uso de documentos falsos, um motorista com mandado de prisão em aberto e uma carga de palmito Juçara também foram flagrados pela PRF. Além disso, quase 1400 testes de etilômetro foram realizados, 30 veículos irregulares foram recolhidos ao depósito da PRF, outros 20 tiveram a documentação recolhida para regularização e mais de 4000 flagrantes de infrações de trânsito foram registrados, um aumento de 328,21% em relação à Operação Carnaval 2012.