PRF finaliza Operação Tiradentes

Entre os dias 20 e 23 de abril de 2017, a Delegacia PRF de Registro, que responde pelo trecho da Régis entre os municípios de Juquiá e Barra do Turvo – do km 407 ao km 569, desencadeou mais uma Operação Tiradentes. Infelizmente, uma morte foi registrada. Além disso, quatro homens foram presos em flagrante por envolvimento em roubos de carga, um deles, prestador de serviços da concessionária que administra a rodovia. Ele usava um rádio portátil para monitorar as comunicações da concessionária, facilitando sua ação criminosa. Também foi registrado um caso de roubo de carga de eletrônicos. Nesta ação, foram empregados dispositivos perfuradores de pneus para imobilizar o veículo de escolta.

TRÂNSITO

Durante o período da operação, foi registrado um acidente de trânsito com morte. Um motociclista, após cair da sua motocicleta, foi atropelado por outro veículo que seguia logo atrás. O acidente ocorreu na altura do km 475 da Régis, trecho urbano de Jacupiranga. Além dele, outros 10 acidentes foram registrados, mas todos sem gravidade.

Apesar da morte, houve um grande esforço de fiscalização. Foram 2.767 flagrantes por excesso de velocidade, todos com os radares fotográficos da PRF, e 646 pessoas e veículos foram fiscalizados. Além disso, 42 pessoas passaram por palestras de educação para o trânsito e 202 por testes de alcoolemia com bafômetros (etilômetros), sendo que um motorista foi reprovado, sendo autuado e o veículo retido.

Caminhão com dispositivo antirradar foi retido

No dia 21, na altura do km 519 da Régis, em Cajati, PRFs notaram que o caminhão Scania R420 de cor prata e placas de Paranaguá/PR, ora conduzido por um motorista profissional, estava com parte da placa dianteira coberta por um plástico vermelho, sendo abordado imediatamente.

Ao verificar o veículo, notaram que na verdade havia um dispositivo que, de dentro da cabine, o motorista poderia desacionar em caso de abordagem policial. Ele era composto por uma peça plástica vermelha, presa por uma corda que ia até a cabine do veículo. Com a abordaram policial, o motorista puxava rapidamente a peça plástica vermelha, escondendo-a. Segundo o motorista, ele criou o dispositivo por estar cansado de levar multas por excesso de velocidade na Régis e por rodízio em São Paulo.

Além das autuações, o caminhão ficou retido até regularização.

COMBATE AO CRIME

Durante todo o período, o foco da PRF foi as ações preventivas de combate aos furtos e roubos de usuários, especialmente em trechos sinuosos com vastas comunidades lindeiras, locais mais propensos a tais ocorrências, devido aos congestionamentos decorrentes de acidentes de trânsito. Mesmo com o esforço, três furtos de carga foram registrados, sendo que 04 homens foram presos em flagrante. Já em outro local, uma carga de eletrônicos foi roubada.

Operação Serra Segura

Para minimizar ações criminosas em trechos sinuosos e povoados, a PRF, em conjunto com a Concessionária Autopista Régis, desencadearam a operação Serra Segura. Nesta ação, os veículos são retidos em locais mais seguros e com visão plena da pista contrária, ou seja, fora dos trechos em serra, facilitando o patrulhamento, o socorro de usuários que porventura estejam com problemas de saúde e, especialmente, inibindo ações criminosas organizadas.

No dia 23, devido ao alto fluxo de veículos, acidente no km 511 da Régis e obra com interdição de faixa no km 506, em Cajati, os veículos foram retidos na Unidade Operacional PRF Inspetor Sousa, km 525 da Régis, em Barra do Turvo. Após completa desinterdição do km 511, os veículos foram liberados aos poucos, evitando-se o acúmulo deles na Serra do Azeite, trecho entre o km 498 e km 520. Com isso, aliado às ações de patrulhamento no trecho, não foram registrados roubos a usuários.

Motorista é preso em flagrante por roubo de carga

No dia 20, por volta das 09:00, na altura do km 545 da Régis, em Barra do Turvo, ao chegaram para atendimento a um acidente de trânsito com um caminhão carregado com polietileno granulado, notaram que um grande número de pessoas estava furtando a carga do caminhão acidentado, especialmente usuários da rodovia. Um deles, o motorista do automóvel VW Gol de cor branca e placas de Colombo/PR, um homem de 22 anos, não conseguiu fugir com os demais integrantes do bando, sendo preso em flagrante. Seu veículo estava carregado com parte da carga do caminhão acidentado. Também foi apreendido um automóvel Ford Fiesta de cor branca e placas de Colombo/PR, abandonado no local após a fuga dos demais envolvidos na ação criminosa.

Após o registro da prisão em flagrante por Furto e da apreensão da carga e dos dois veículos, o motorista foi recolhido ao sistema carcerário da região.

Trio envolvido em roubo de carga é preso em flagrante

No dia 23, por volta das 09:00, PRFs tomaram conhecimento que na altura do km 511 da Régis, em Cajati, um caminhão carregado com farinha de trigo ensacada acidentou-se. Chegando no local, o motorista informou que parte da carga foi furtada. Após buscas, encontraram o automóvel GM Corsa de cor cinza e placas de Cajati, ora conduzido por motorista de 45 anos, acompanhado por dois jovens, um de 24 anos e outro de 18 anos. Dentro do veículo, haviam 06 fardos de farinha de trigo, todos provenientes da carga do caminhão acidentado.

Além disso, dentro do veículo também encontraram 01 rádio transceptor portátil, este sintonizado na frequência dos rádios da Concessionária que administra a rodovia. Questionado, o motorista disse que presta serviços para uma empresa terceirizada de engenharia, com obra emergencial no km 506 da Régis, local onde ocorreram congestionamentos no mesmo dia. Certamente, o rádio facilitou a ação do trio, pois, tomou conhecimento do acidente rapidamente, aumentando suas chances de obter vantagem com o crime.

Após registro da prisão em flagrante por Furto e da apreensão do rádio portátil, da carga e do automóvel, o trio foi recolhido ao sistema carcerário da região. A concessionária já está em contato com a empresa terceirizada para que preste esclarecimentos a respeito da ação criminosa do seu funcionário.

Carga de eletrônicos foi roubada

No dia 23, por volta das 11:30, PRFs tomaram conhecimento que na altura do km 422 da Régis, em Juquiá, vários usuários tiveram os pneus perfurados por pregos. Chegando no local, os PRFs encontraram os usuários e vários dispositivos para perfuração de pneus espalhados na rodovia, dispositivos conhecidos como Miguelitos. Dentre os veículos que estavam com os pneus furados, um automóvel de escolta. Naquele momento, os PRFs tomaram conhecimento, através do vigilantes, que a caminhonete que escoltavam, carregada com smartphones e TVs de LED, não parou no local, sendo que, possivelmente, seria roubada. Disseram ainda que o passageiro de uma caminhonete importada, que seguia entre o seu veículo e a carga de eletrônicos, jogou os dispositivos na via e fugiu em seguida.

Por volta das 12:40 do mesmo dia, os PRFs tomaram conhecimento que a caminhonete foi abandonada na altura do km 466 da Régis, já em Jacupiranga, e que a Polícia Militar estaria no local, acionada pela central de rastreamento, que percebeu a saída da rota do veículo e a abertura das portas do compartimento de carga. Aparentemente, até aquele momento, não sabiam que a escolta foi imobilizada. Também não souberam explicar o não acionamento da PRF. Sabe-se apenas que a carga de smartphones e TVs de LED e o motorista ainda não foram encontrados.

Participaram desta operação PRFs da Delegacia de Registro e da Superintendência da PRF em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *