PRF REALIZA MAIS UMA OPERAÇÃO NA RÉGIS

Entre os dia 19 e 21 de abril de 2013, a PRF desencadeou mais uma operação na Régis. Foram apreendidos 2990 sacos de carvão, 106 potes de palmito, 01 ave, 01 armadilha para aves e 06 veículos. Foram detidas 05 pessoas e foi apreendido 01 adolescente. Um adolescente foi flagrado pilotando uma motocicleta, dois adultos foram flagrados dirigindo sem habilitação e um foi flagrado dirigindo alcoolizado.

 

No dia 19, por volta das 10:00, PRFs em serviço na Unidade Operacional de Registro, km 439 da Régis, abordaram o caminhão Mercedes Benz modelo L1618 com placas de Coronel Domingos Soares/PR, ora conduzido por um motorista de 33 anos. Ao verificar a documentação da carga, que era de carvão vegatal embalado, os PRFs identificaram algumas divergências documentais. Através de amostras, constatou-se que havia carvão feito a partir de madeira de lei, o que é proibido, escondido em meio ao carvão de madeira permitida.

Logo após o registro do crime ambiental e da apreensão do caminhão e do carvão, o motorista foi liberado para responder criminalmente em liberdade. Ao todo, foram apreendidos 2990 sacos de carvão. A Polícia Militar Ambiental foi acionada para lavratura do auto de infração ambiental.

 

No dia 20, por volta das 15:00, PRFs em serviço na Unidade Operacional PRF Inspetor Sousa, km 525 da Régis, em Barra do Turvo/SP, abordaram o automóvel VW Santana com placas de Carapicuíba/SP, no qual haviam três homens. Ao vistoriarem o interior do veículo encontraram 105 potes médios e 01 grande de palmito extraído da Palmeira Juçara, 06 tatus mortos, 01 passáro da espécie Azulão e 01 armadilha para passáros silvestres.

Um deles assumiu a propriedade, sendo que foi registrado o crime ambiental e ele foi liberado para responder criminalmente em liberdade. Tudo foi apreendido. A ave será analisada e poderá ser solta. O palmito e os tatus serão destruídos para evitar o consumo. A Polícia Militar Ambiental também foi chamada para aplicar auto de infração ambiental.

 

No dia 20, por volta das 18:40, durante atendimento a acidente de trânsito na altura do km 480 da Régis, município de Jacupiranga/SP, PRFs constataram que o condutor do automóvel VW Gol com placas de Cajati/SP, que capotou fora da pista, um morador de Jacupiranga de 68 anos, não possuía habilitação, informação confirmada através dos sistemas consultados. Ele admitiu que sempre dirigia nos trechos urbanos e nas estradas rurais sem habilitação.

Assim, logo após o registro do crime de trânsito de Dirigir Sem Habilitação e Gerando Dano, o condutor foi liberado para responder criminalmente em liberdade. Os PRFs aplicaram multas no valor de R$ 1.149,24 pela falta de habilitação. Além disso, o automóvel foi apreendido.

 

No dia 20, por volta das 23:30, na altura do km 447 da Régis, trecho urbano de Jacupiranga/SP, uma caminhonete Fiat Uno Pickup com placas de Jacupiranga atropelou uma mulher, mas parou no local. Com a chegada da PRF, o condutor, um homem de 35 anos alegou que seu pai dirigia o veículo. Porém, através de testemunhas, constatou-se que ele era o condutor no momento do atropelamento, fato que acabou por admitir. Como apresentava sinais notórios de embriaguez, os PRFs tentaram realizar o teste do etilômetro, mas ele se recusou a passar por ele, mas pelos sinais notórios, houve a constatação da embriaguez pelos próprios policiais.

Assim, logo após o registro dos crimes de Lesão Corporal Culposa, Embriaguez ao Volante e Inovação Artificiosa (mentir sobre quem dirigia a caminhonete) e da apreensão da habilitação e da caminhonete, o condutor foi liberado para responder criminalmente em liberdade. Além disso, os PRFs aplicaram multa no valor de R$ 1.149,24 pela embriaguez.

 

No dia 21, por volta das 16:40, na altura do km 414 da Régis, trecho urbano de Juquiá, PRFs abordaram a motocicleta Kasinski Comet com placas de Juquiá/SP, ora conduzida por um adolescente de 16 anos. Por não ter, evidentemente, habilitação, o adolescente foi encaminhado pelo Conselho Tutelar aos seus pais por ter cometido ato infracional, que também foi registrado. A dona da motocicleta foi autuada em R$ 574,62 por ter permitido que o adolescente conduzisse a motocicleta.

 

No dia 21, por volta das 19:30, na altura do km 461 da Régis, trecho urbano de Pariquera-açú/SP, durante atendimento a acidente de trânsito com a motocicleta Honda CG150 Titan com placas Pariquera-açú/SP, constatou-se que o seu condutor, um jovem de 18 anos, que feriu-se gravemente, não tinha habilitação, informação confirmada através dos sistemas consultados.

Houve o registro do crime de trânsito de Dirigir Sem Habilitação e Causando Dano e da apreensão da motocicleta. O condutor responderá criminalmente em liberdade, especialmente por estar hospitalizado. Os PRFs aplicaram multa no valor de R$ 574,62 pela falta de habilitação, já que ele era dono da motocicleta.

 

Participaram dessa operação PRFs da 6ª Superintendência Regional da PRF, sediada em São Paulo.