Programa de Aperfeiçoamento para Bibliotecas Públicas

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas tem como uma de suas atribuições promover a capacitação dos profissionais que atuam nas bibliotecas públicas. Dando continuidade às ações de capacitação, a SP Leituras – Organização Social de Cultura, oferecerá oficinas de aperfeiçoamento nas diversas regiões do Estado. Em Iguape o programa de aperfeiçoamento acontece no dia 14 de setembro, das 9h às 18h, no Centro Cultural “Roberto Gomes Colaço”

– Rua Major Moutinho, 200 – Beira do Valo (próximo a passarela do Rocio).

Os temas a serem abordados são resultantes do levantamento de necessidades efetuado junto às bibliotecas integrantes do Sistema. As temáticas a serem tratadas são:


– Mediação da Leitura;

O Ciclo de Palestras foi iniciado em julho, com a realização de 12 Oficinas de Elaboração de Projetos Culturais em 11 cidades do Estado de São Paulo e participação de 427 pessoas que multiplicarão os conhecimentos adquiridos. Como continuidade ao processo de capacitação dos profissionais, o Sistema Estadual de Bibliotecas promoverá, entre agosto e setembro, o segundo ciclo de oficinas, agora com o tema Mediação de Leitura.

Objetivos e Metas: Sensibilizar bibliotecários, agentes de leitura, professores e pessoas interessadas em narrar histórias e realizar mediação de leitura em bibliotecas públicas, salas de leitura e espaços de convivência;

Produzir narrativas orais a partir de um texto literário escrito, planejando a fala pública usando a linguagem em função das exigências da situação e dos objetivos estabelecidos;

Dominar a leitura em voz alta, considerando a fruição de leitura;

Planejar, executar e reformular, mediante avaliação, planejamento de atividades de mediação de leitura e de narração de histórias.

 

Conteúdo: Textos Literários: crônicas, contos, fábulas etc.

 

Cronograma de atividades

09h às 11h – Por que leitura literária? Em que a literatura colabora para a formação de leitores? Leitura compartilhada de texto: Apólogo brasileiro sem véu de alegoria, de António de Alcântara Machado.

11h às 11h15 – pausa para café

11h15 às 12h30 – atividades oficina

Exemplos de mediação de leitura.

Apresentação de vídeo de formação de monitores do Fábricas.

Discussão.

12h30 às 13h50 – pausa para almoço

14h às 16h – atividades oficina

Como preparar uma atividade de mediação de leitura?

Elaboração de planejamento em grupos

16h às 16h15 – pausa para café

16h15 às 18h – atividades oficina

Término do planejamento

Grupos fixam seus planejamentos

Um dos grupos faz atividade com a turma.

 

Ministrante: Rosana El Kadri

Mini currículo da Palestrante: Graduada em Letras, e mestra em Português pela PUC SP, foi professora de português para o ensino fundamental em diversas entidades de ensino em São Paulo.

Autora de diversas publicações, entre elas as coleções “Pensar e Construir Português” e “Português Paratodos”.

Coordenou diversos projetos para formação de arte-educadores em leitura e literatura, dentre eles o Projeto “Fábricas de Cultura” da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo.

Ministra cursos e oficinas para a formação de mediadores de leitura e narração de histórias.

 

Público Alvo: Bibliotecários, auxiliares de sala de leitura, professores e pessoas interessadas em narrar histórias que já desenvolvam ou tenham interesse em trabalhar com mediação de leitura no Estado de São Paulo.

Vagas: 50 pessoas por turma

Material: Textos e livros

Informações e inscrições: Centro Cultural “Roberto Gomes Colaço” – Tel: 3841-3012

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *