Unidade de Técnicos da Ilha prepara a formação da primeira incubadora de serviços da região

utilhaA paixão do engenheiro eletrônico Sérgio Ricardo de Almeida pela Informática e pela formação de novos profissionais é tão grande que em suas aulas na Unidade de Técnicos da Ilha, na sede do CRAS, o índice de faltas é zero. Faça chuva ou sol, os estudantes fazem questão de não perder nenhuma aula porque sabem que estão com as portas abertas para o ingresso no mercado de trabalho que mais cresce no mundo: a Informática. Mais que isso, os novos profissionais estão prontos para fazer parte da primeira incubadora de serviços da região.

Para o professor Sérgio, não adianta apenas formar novos profissionais. É preciso contribuir para seu ingresso no mercado de trabalho. Por isso, a  formação da incubadora.”As pessoas poderão solicitar serviços dos novos profissionais. Eles receberão apoio e orientação para que se aprimorem e possam, futuramente, formar suas microempresas e trabalhar sozinhos”. É meta que o serviço seja iniciado em janeiro de 2014.

Para chegar a incubadora, é necessário uma escalada que começa pela seleção de quarenta alunos para frequentar o primeiro módulo do Curso de Montagem e Manutenção de Computadores.  Daí, os vinte melhores seguem para o segundo Módulo Eletrônica aplicada a informática. Só então, os selecionados ingressam na incubadora, enquanto a Unidade de Técnicos recebe novos aprendizes.

O curso, organizado pelo CRAS,  é mantido pela Prefeitura. As aulas são ministradas às  segundas, quartas e sextas, nos períodos da manhã e noite. Os  vinte novos técnicos, na faixa etária de  16 a 29 anos, seguem a filosofia de trabalho do professor Sérgio: “ Primeiro : aprender uma profissão; segundo: fazer o bem e ajudar o próximo e, terceiro, vem a remuneração”.

Incentivo ao empreendedorismo na Ilha – A formação de uma incubadora de serviços tem como entusiasta o prefeito Décio Ventura que considera essencial completar o ciclo de aprendizagem e apoio técnico para o ingresso no mercado de trabalho. A diretora do Departamento de Ação e Desenvolvimento Social, Marta Hernandes, destaca a competência e a paixão pelo ensino do professor Sérgio como vitais para o sucesso da iniciativa. A coordenadora do CRAS, Linda Saba, comemora a formação de uma nova massa de trabalhadores capacitados para o mercado de trabalho.

Prefeitura da Ilha Comprida- Assessoria de imprensa – 12-11-2013